Os piolhos-de-pombos são artrópodes da Ordem Aracnida (mesma ordem das aranhas). São na verdade ácaros dos gêneros, Dermanyssus e Ornithonyssus. Estes ectoparasitas que parasitam principalmente  galinhas, perus, pombos e outras aves de cativeiro, mas podem parasitar outros animais e o homem. Possuem ca. 1 mm comprimento e tem coloração avermelhada  (por causa do sangue no seu interior). Considerados pragas de grande relevância para a avicultura. Podendo causar dermatites em humanos associados a esta atividade.

A espécie mais comum em pombos é Dermanyssus gallinae. Há relatos de pessoas hospitalizadas que tiveram lesões cutâneas semelhantes a escabiose. Essas lesões forma associadas a presença de pombos em galerias de passagem de ar, depois de retirados os ninhos os casos não voltaram a acontecer.

Embora Dermanyssus gallinae seja a espécie mais comum em pombos, casos com Ornithonyssus sylviarum necessitam de maiores cuidados para extermínio da praga, sendo necessário não só o tratamento do ambiente, mas o tratamento das aves para o total controle da praga.

Em aves com alto nível de infestação, o parasita pode ser encontrado em suas fezes, ovos e corpo, em especial perto da cloaca. Podem apresentar estresse, perda de peso, queda na produção de ovos, anemia e até ser levada à morte. O trabalhador é infestado tendo alergias, irritação na pele e dermatites.

O controle para evitar novos casos é realizado através da retirada dos ninhos (no caso de pombos) e desinfecção da área utilizando o praguicida para ácaros.

 

Literatura consultada

 

CUNHA, L. M. 2008. Dermanyssus gallinae (ACARI: DERMANYSSIDAE) (DE GEER, 1778): colonização e resposta de protoninfas alimentadas a correntes de ar e a odores de extratos de ácaros coespecíficos em olfatômetro discriminantes. http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/SSLA-83GJ7T/lucas_maciel_cunha____disserta__o__formatada.pdf?sequence=1. Acesso em: 29 jan. 2019.

 

NILCE M. SOARES; EDNA C. TUCCI; ELIZABETH A. L. GUASTALLI; HELENA YAJIMA. 2008. Controle da infestação por Ornithonyssus sylviarum (Canestrini e fanzago, 1877) (acari: Macronyssidae) em poedeiras comerciais utilizando extrato de Azadirachta indica. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbpv/v17n4/01.pdf. Acesso em: 29/01/2019.