Existem uma grande quantidade de insetos conhecidos popularmente como traças. Em áreas urbanas atacam desde tapeçarias, estofados, roupas, papeis, livros, frutas secas, grãos e entre outros alimentos armazenados. Estes são divididos em grupos de acordo com o que consomem.  Os principais tipos de traças de ambientes urbanos são: traça-de-livros, traça-de-roupas e traça-de-alimentos armazenados. Além destas existe grande diversidade de traças-pragas que atacam culturas agrícolas e se alimentam de cera produzidas nos favos de abelha, causando grandes prejuízos para estas culturas. 

Traças-de-livros (Ordem Thysanura)

As traças-de-livros são insetos representantes da Ordem Thysanura. São ápteros, ou seja, não possuem asas, tem corpo alongado e achatado dorso-ventralmente.  São pragas noturnas, vivendo em ambientes escuros, úmidos e alimenta-se de vários produtos derivados da celulose, desde papel, tecidos a farinhas. Desta ordem uma das espécies mais comuns é Lepisma saccharina L., pode ser encontrada em residências, comercio em geral, museus, etc. Também pode ser chamada de traça-prateda devido à sua coloração.

 

Lepisma saccharina

Traças-de-livros (Ordem Lepidoptera)

As traças-de-roupas são insetos da Ordem Lepidoptera, sendo os representantes do gênero Tinea e Phereoeca os de maior relevância em áreas urbanas. As espécies deste gêneros são mariposas, cujas suas as larvas, que são lagartas, se envolvem em um “casulo” protetor muito característico, pois é achatado e elipsóide. Deslocam-se pelas paredes e alimentam-se de diversos materiais, desde roupas de lã à estofamentos de couro.   

Phereoeca

Phereoeca casulo

Phereoeca indivíduo adulto

Phereoeca indivíduo adulto 

Traças-de-alimentos-armazenados ou traças-de-farinha (Ordem Lepidoptera)

Em ambientes urbanos os gêneros mais comuns são Ephestia (traça-de-farinha) e Plodia (traça-indiana-da-farinha). Essas pequenas mariposas possuem coloração acinzentada ou amarronzada variando de acordo com a espécie. As lagartas não formam um invólucro como nas traças-de-roupas, pertencente à outro gênero, contudo produzem fios-de-seda, como se fossem teias de aranha, que deixam por onde passam, quando mudam de estágio de desenvolvimento utilizam estes fios como casulo. Alimentos mais atacados por estas pragas são os grãos como arroz, trigo, milho, frutas secas, farinhas e seus derivados como biscoitos. Além de destruir os alimentos as traças contaminam estes através de suas fezes e seus fios, além é claro do próprio inseto morto e suas partes como asas. 

Gênero Ephestia

Ephestia (traça-de-farinha) 

 

Plodia

Plodia (traça-indiana-da-farinha). 


Prevenção e controle

A prevenção e o controle de traças, de um modo geral, dependem do monitoramento constante, ficando-se atento ao início da infestação, sempre mais fácil de ser controlada. 

Traças-dos-livros e traças-das-roupas
  • Evitar o acúmulo de papéis velhos, manter livros e revistas em locais adequados e limpos; 
  • Evitar pontos de umidade (principalmente em gabinetes escuros de pias),
  • Evitar a entrada de objetos em caixas de papelão provenientes de locais infestados,
  • Manter limpos rodapés e frestas por meio de aspirador de pó,
  • Inspecionar periodicamente roupas, tapetes e outros objetos suscetíveis,
  • Manter estantes, armários e gabinetes arejados e limpos.
  • Roupas atacadas poderão ser colocadas em sacos plásticos e dispostas em freezer por alguns dias, matando os ovos e insetos infestantes.

Traças-de-alimentos ou traças-de-farinha 
  • Descartar alimentos contaminados ou suspeitos do ataque de traças;
  • Fazer uso de produtos inseticidas domissanitários, em infestações muito severas.

A aplicação de domissanitários deverá ser realizada pela Sanitas.

 

Referência

Instituto Biológico IB. Disponível em: http://www.biologico.sp.gov.br. Acesso em: 15 jan.2019.